You are currently viewing Alimentação vegetariana

Alimentação vegetariana

A alimentação vegetariana tem ganhado cada vez mais adeptos. Desta forma, ter no cardápio do seu estabelecimento opções que atendam esse público há muito tempo deixou de ser diferencial e passou a ser hoje um item indispensável para qualquer negócio.
Pensando nisso, confira as dicas que separamos para você e aprenda a oferecer um cardápio vegetariano de qualidade para todos os seus clientes.


1- PLANEJAMENTO: é importante que o consumidor vegetariano se sinta importante e contemplado por seu restaurante, percebendo que vários dos pratos que ali estão sendo oferecidos foram pensados exatamente nele e na sua demanda, e não que existe apenas uma ou duas opções que atendam suas necessidades. Diante disso, a primeira dica é: sempre que for elaborar o cardápio do dia ou da semana, certifique-se que terá uma variedade de opções que se enquadrem nesse perfil alimentar. Organização e planejamento são palavras de ordem na elaboração do cardápio de qualquer restaurante!

2- PROCEDÊNCIA E QUALIDADE: tão importante quanto se planejar e oferecer diversidade de opções vegetarianas, é garantir para o cliente a qualidade do produto oferecido. Os motivos pelos quais os vegetarianos decidem optar por essa dieta podem ser os mais diversos – questões ideológicas, de ética, em defesa do meio ambiente e dos animais ou simplesmente questões de saúde são alguns deles. Mas seja qual for a motivação, um fator é comum para todos:
a preocupação com a procedência do alimento. É de conhecimento de todos que estar atento aos fornecedores e à qualidade dos produtos do estabelecimento é uma regra que deve ser seguida com atenção independente da circunstância por qualquer restaurante. No caso dos ingredientes vegetarianos, porém, isso é ainda mais importante: estamos falando de alimentos muito frescos, em sua maioria verduras, que estragam e perdem seus valores nutricionais mais rapidamente, quando comparados com outros alimentos. Por esse motivo, priorize a qualidade dos produtos e trabalhe sempre com bons fornecedores.

3- CRIATIVIDADE: caprichar no tempero do alimento é muito importante – além de diminuir a dosagem de sódio, confere um sabor extra ao alimento que todos adoram. Nos pratos vegetarianos, não é diferente. Preocupe-se sempre em dar sabor à sua comida, e invista em pratos quentes – é importante que os vegetarianos tenham opções saborosas para além da salada, sobretudo no inverno. Não se esqueça também de deixar em aberto a opção de inserir ou retirar ingredientes dos pratos tradicionais do restante do cardápio. E, claro, seja criativo na elaboração dos pratos oferecidos: a restrição de alguns ingredientes não limita a possibilidade de criação de diversos pratos.

4- APRESENTAÇÃO: como vimos, é importante realizar o planejamento dos pratos a serem servidos, observando sua variedade no cardápio e primando sempre pela qualidade e procedência dos ingredientes. Mas, além de todos esses super cuidados, é essencial que os pratos vegetarianos tenham visibilidade: seja na sua distribuição do buffet, quando se tratar de self-service, ou na sua divulgação no cardápio, quando o serviço for à la carte escolhendo sempre  Réchauds em aço inox . No primeiro caso, é recomendável separar apenas um espaço para todas as opções vegetarianas, para que as pessoas já se encaminhem diretamente para essas opções de maneira facilitada. No caso do cardápio físico, criar uma seção apenas para esse fim, também deixará a escolha dos pratos muito mais viável para o cliente.


Referências

https://www.lojabrazil.com.br/blog/cardapio-vegetariano/

 

Deixe uma resposta